Implante dentário: tudo o que você precisa saber antes de realizar

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por Carlos Meira
em Agosto 19, 2022

Apesar do implante dentário ser um tratamento bem comum entre as pessoas, principalmente adultos já maduros, poucas pessoas sabem realmente como é realizado esse procedimento, para quem ele é indicado e em quais casos. 

Normalmente, a maioria das pessoas acredita que, com a idade, os dentes podem enfraquecer e passar por diversos problemas.

Como consequência, fazem com que sejam substituídos por implantes dentários, que são colocados em um consultório odontológico por um dentista implantes.

Entretanto, esses não são os únicos casos, uma vez que, muitas pessoas acabam colocando implantes devido a doenças como cáries, que é uma situação que pode surgir e se agravar em qualquer idade, bem como, alguns casos se dão devido a grandes impactos que podem quebrar ou arrancar o dente. 

Portanto, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre implantes de uma vez por todas, sabendo seus pró e contras e entendendo como esse procedimento de fato funciona para que não haja mais dúvidas ao buscar por um especialista em implantodontia.

O que é o implante dentário?

Um implante dentário nada mais é do que um tipo de procedimento odontológico, que surgiu a partir da necessidade de pessoas que perderam seus dentes naturais, podem substituí-los.

Uma vez que os dentes fazem muita falta e desempenham um papel importante na vida do ser humano, principalmente na alimentação. 

Dessa forma, com o passar dos anos, a odontologia vem melhorando os implantes que são colocados, o deixando mais estéticos e confortáveis, para que a pessoa viva como se o implante realmente fosse seu dente perdido.

Portanto, atualmente, esse é feito com um pino, implantado na gengiva, que por sua vez é feito de titânio, que é como a raiz do dente. 

Toda essa implantação é realizada através de uma cirurgia, que pode ser feita através das melhores clínicas de implantes dentários sp, já que o pino precisa ser aprendido na parte óssea da boca.

Depois dessa integração, basta colocar a chamada coroa, que é o dente em si, que pode ser feita de resina ou porcelana. 

Quando o tratamento com implante dentário é indicado?

Assim como qualquer outro procedimento, o implante deve ser indicado por um dentista, em casos específicos, uma vez que não se pode substituir um dente saudável por um implante. Portanto, confira os casos em que normalmente é indicado a colocação de um implante: 

  • Pessoas que tiveram os dentes extraídos;
  • Quem perdeu os dentes em situações variadas;
  • Pessoas que nasceram com falta de dentes;
  • Pessoas que tiveram seu dente quebrado de forma irreconstituivel.

Nestes casos, os pacientes podem solicitar a colocação do implante despreocupados, uma vez que o procedimento não é doloroso devido às novas tecnologias e inovações na área da odontologia. 

Além dos analgésicos disponíveis para que o paciente não sinta dor durante ou depois do procedimento, o que também torna outros procedimentos, como a colocação de lente de contato de resina, também procedimentos indolores.

Quais os benefícios de investir em implante dentário?

O primeiro grande benefício em optar por um implante é o fato de que não há possibilidade de rejeição do implante dentário pelo organismo.

Isso porque, este é realizado em titânio, um material biocompatível, utilizado em diversos tratamentos médicos que não ocasiona nenhuma rejeição pelo paciente, principalmente aqueles que utilizam aparelho ortodôntico transparente.

Além disso, com o implante é possível ter:

  • Melhora na mastigação;
  • Manutenção dos dentes vizinhos;
  • Facilidade para a higienização;
  • Maior conforto;
  • Aspecto mais natural e uma melhor estética bucal.

Existem contraindicações para fazer implante dentário?

Mesmo sendo um tratamento reconhecido e muito bem sucedido, os implantes não são algo para todo mundo. Isso porque, ele é contraindicado em casos onde os dentes estão saudáveis, ou quando a pessoa é muito jovem. 

Além disso, fumantes também não podem colocar os implantes, bem como pessoas com diabetes, pacientes que apresentam distúrbios metabólicos ósseos como, por exemplo, osteoporose, ou aqueles que realizam frequentemente radioterapias e quimioterapias.

Isso porque, essas atividades podem prejudicar o sucesso do procedimento, e ao invés de resolver um problema, acabar gerando alguns outros, fazendo com que o paciente sofra ainda mais e possa perder sua qualidade de vida.

Justamente por isso, na hora de cogitar colocar um implante, busque um especialista.   
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade